Home / Destaques / 5 maneiras de melhorar a sua definição muscular até o verão

5 maneiras de melhorar a sua definição muscular até o verão

O verão muitas vezes culmina com uma fase da periodização onde buscamos mais qualidade muscular. Veja neste artigo 5 maneiras de melhorar a sua definição muscular até o verão.

Definição muscular ate o verão

Oficialmente, o verão começa apenas no dia 21 de dezembro, mas grande parte das pessoas já está em fase de preparação para a estação mais quente do ano. Como os corpos ficam muito mais amostra no verão, a maioria das pessoas busca melhorar sua definição muscular nesta época. Com isso, se o seu treino foi periodizado de maneira correta, agora entramos em um mesociclo mais específico, onde dieta e treino são destinados a este objetivo.

Não que seja via de regra, mas no geral é o que acontece, principalmente com quem busca resultados estéticos e não de desempenho.

Desta maneira, agora é a hora de usarmos estratégias específicas para melhorara a definição muscular, a fim de que possamos ter melhores resultados estéticos.

Veja agora 5 maneiras de melhorar sua definição muscular até o verão!

Definição muscular, veja como melhorar a sua!

1. Melhore sua dieta
Pode parecer básico, mas grande parte das pessoas não muda a dieta quando busca a definição muscular. Com isso, de nada vai adiantar nada do que será falado daqui por diante. A Dieta é a base para qualquer ganho em termos de definição muscular! Para isso, o ideal é consultar um nutricionista.

Mas no geral, salvas as individualidades de cada um, temos algumas estratégias que se mostram bastante eficientes. Como o objetivo nesta fase é preservar a massa muscular e baixar o percentual de gordura, é muito importante que você tenha a qualidade necessária de nutrientes.

Como se faz necessária uma dieta hipocalórica e com menor ingestão de carboidratos (não quer dizer que você precise zerar eles!), não haverá mais espaço para as escapadas que a fase de Bulking te permite. Por isso, o primeiro ponto a ser seguido na dieta para a definição muscular é evitar ao máximo os deslizes, pois eles comprometem toda a qualidade de sua periodização.

Como você está ingerindo menos calorias, não tem como obter os nutrientes necessários e ainda, calorias vazias. Por isso, nesta fase é fundamental que você tenha controle e mantenha-se na dieta. Caso contrário, as chances de sucesso ficam muito reduzidas e provavelmente você chegará ao verão com a “capa de gordura” inalterada. Além disso, existe a possibilidade de usar estratégias específicas, como alternar dias de mais consumo de carboidratos com dias de consumo zero. Mas isso tudo vai depender da estratégia usada por seu nutricionista. Além disso, os carboidratos que forem ingeridos precisam ser de baixa glicemia, para que não haja depósitos de mais gordura em seu corpo!

2. Aposte na intensidade

Por mais que a intensidade seja fundamental em qualquer fase de treinamento, nesta fase especifica é um momento em que ela é fundamental! Não que todo e qualquer treino precise ser intenso, mas de maneira geral, precisamos que seu corpo seja submetido a estímulos mais acentuados nesta fase. Como a dieta é mais restritiva, é muito importante fazer o correto controle das cargas, afinal, a recuperação é mais lenta. Seja na musculação, seja no HIIT, é muito importante que seu treino tenha intensidade elevada, para que o processo de recuperação seja feito com a utilização de lipídios.

É possível que neste período, você reduza a quantidade de treinos de musculação, aumentando as vezes que você faz HIIT. Não que você deva parar com a musculação, afinal é ela que vai manter sua massa muscular intacta. Mas é possível que nesta fase sejam incrementados treinos específicos de HIIT, para que você aumente o potencial de eliminação de gordura de seu corpo. Mas tudo isso vai depender de sua individualidade e da periodização que foi feita.

3. Aposte nos exercícios multiarticulares

De maneira geral, a fase onde buscamos definição muscular não tem treinos visando a hipertrofia. Salvo alguns casos específicos, nesta fase apenas mantemos o que foi conquistado. Por isso, não é o momento de pensar em “crescer” e sim em melhorar a qualidade de seus músculos. Por isso, em seu treino deve-se buscar movimentos que tenham uma resposta hormonal mais elevada e um maior gasto calórico. Neste sentido, é muito importante que os exercícios multiarticulares sejam a base de seu treino. É totalmente possível nesta fase, usarmos apenas movimentos que envolvam mais de uma articulação.

A não ser que você tenha alguma assimetria grande a ser resolvida, podemos dar uma maior ênfase nos movimentos mais amplos, a fim de melhorar a qualidade dos estímulos e promover uma lipólise mais acentuada. É óbvio que isso vale para quem já teve uma boa base de treino e está agora, apenas aprimorando sua qualidade muscular.

4.  Tome cuidado com as bebidas alcoólicas

Este talvez seja um dos pontos mais complicados para a maioria das pessoas. Como final de ano é sinônimo de confraternização e de festas, muita gente acaba abusando das bebidas alcoólicas. Como elas costuma ter uma glicemia elevada e o álcool prejudica todos os processos de recuperação, as bebidas alcoólicas acabam se tornando um inimigo considerável da definição muscular.

Para alguém que não é atleta é complicado dizer para parar totalmente com as bebidas, mas nestes casos, eu indico que você tenha um maior controle. Se vai beber, faça com responsabilidade e tome cuidado com o que come. Muita gente cuida o ano todo e no final do ano mete o pé na jaca. Como geralmente nós reduzimos os treinos nesta fase, o resultado fica muito visível. Perde-se definição muscular e ganha-se um aspecto de inchado. Por isso, se for beber, faça com controle e responsabilidade.

5. Use a liberação miofascial ao seu favor

Para que fique mais fácil de você entender este conceito, a fáscia é uma  membrana. Formada basicamente por tecido conjuntivo, que envolve cada fibra muscular, além da superfície dos músculos como um todo. Ela pode ser encontrada em diversas espessuras, extensões e densidades em nosso corpo. Ela tem como função fornecer sustentação aos tecidos, proteção, coordenação.

Além disso, ela impede que haja atrito entre os músculos. O encontro final destas fáscias formam os tendões, o que fornece suporte e tração entre os ossos e a musculatura. Desta maneira, ela tem grande influência no desempenho das funções de todas as estruturas musculares.

Porém, estas fáscias, por diversos motivos, podem ficar mais aderidas aos músculos, o que impede não apenas seu crescimento, mas também a sua definição. Por isso, existem técnicas que literalmente “descolam” esta fáscia dos músculos, o que vai fazer com que haja uma melhora da extensibilidade destes e da definição muscular.

O mais indicado é que você procure fazer a liberação miofascial com um fisioterapeuta, já que este profissional, saberá como realizar da maneira mais correta a liberação, melhorando sua extensibilidade como um todo.

É muito importante que você perceba que a definição muscular não é algo tão simples e que precisa ser pensada em um contexto. Além do mais, se você passou o ano inteiro sem treinar e sem levar a sério suas necessidades, provavelmente não terá grandes resultados agora.

Tudo isso precisa ser baseado em uma periodização bem montada e executada. Caso contrário, os processos adaptativos de seu corpo não serão potencializados e infelizmente, não haverá melhora da qualidade muscular. Lembre-se que a construção de um corpo bonito não acontece da noite para o dia e que a disciplina é fundamental! Bons treinos!

via Treino Mestre

About F2 Fitness

F2 Fitness
F2 Fitness Academia em São Caetano do Sul. Musculação, Zumba, Muay Thai, Gracie Jiu-jitsu, Circuito e muito mais! Reserve seu FREE PASS e experimente!
Scroll To Top