Home / Corrida / Como escolher um medidor de frequência cardíaca

Como escolher um medidor de frequência cardíaca

Um dos acessórios mais usados por praticantes de atividades aeróbicas como correr, caminhar e andar de bicicleta é o medidor de frequência cardíaca. Abaixo iremos entender um pouco melhor sobre esse acessório, para que assim possa ser realizada uma escolha consciente e satisfatória na hora da compra.

august-body-trends-slider

O que é?

O medidor de frequência cardíaca é uma ferramenta útil para monitoramento dos seus batimentos cardíacos por minuto. Ele constantemente apresenta a sua frequência cardíaca. Dessa forma, ele possibilita uma melhor gestão do funcionamento do organismo de uma forma geral, já que informa quando os batimentos aceleram e desaceleram.

A frequência cardíaca importa porque vários tipos de treinamento levam isso em consideração. Vale lembrar que treinamentos baseadoa em velocidade ou peso podem ter níveis de dificuldade muitosdiferentes para pessoas bem condicionadas ou mal preparadas. Dessa forma, vários treinamento utilizam faixas de frequência cardíaca para determinar a intendidade de uma sessão de exercício.

Funcionalidades de um frequencímetro cardíaco

Atualmente, eles não só oferecem o serviço de monitores cardíacos, como também se destacam como gadgets, possuindo funções como GPS, muito utilizada por ciclistas e corredores, e ainda disponibilizam informações como distância percorrida e velocidade média.

Há aqueles modelos que ainda podem ser sincronizados ao seu computador, onde você pode realizar os registros de suas sessões e ainda analisar as performances através de gráficos. Os modelos mais básicos podem medir frequência cardíaca, frequência cardíaca média e frequência cardíaca máxima.

Há outros monitores cardíacos que são mais recomendados para aqueles que buscam perder peso. Neles, você pode inserir as calorias consumidas, e então o relógio de frequência cardíaca poderá calcular as calorias queimadas durante sua atividade física. Ele se destaca por informar quando você estiver com valor excedido de calorias.

Diversas opções de bicicleta contam com sensor de velocidade e cadência para sua bicicleta, assim ajudando a manter o ritmo de ciclismo. Muitas versões de medidor de frequência cardíaca usam baterias de consumo substituível ou recarregáveis para simplificar a manutenção.

Para que serve?

Com todas as funcionalidades oferecidas, fica difícil reconhecer todas as competências do frequencímetro cardíaco.
Vamos lá, o relógio de frequência cardíaca pode informar, caso você esteja em um treinamento de duração mais longa, se você precisa reduzir o ritmo para um nível inferior. O acompanhamento dos batimentos cardíacos também pode ser feito durante os intervalos de exercícios, assim poderá notar a queda do ritmo dos batimentos durante a sua recuperação.
Afirma-se que no primeiro minuto, se a sua frequência cardíaca reduzir por mais de 40 batidas, é classificada como excelente, de 20 a 30 é considerado bom e 12 ou inferior é reconhecida como baixa ou pobre, o que exige uma maior atenção.

Tipos

O medidor de frequência cardíaca não só é adotado devido à sua contribuição de monitoramento, como também se destaca como acessório estético, podendo ser usado não apenas como relógio de pulso, mas de acordo com a sua escolha.

Vejamos abaixo algumas descrições dos principais modelos, para que assim você possa escolher um medidor de frequência cardíaca que lhe agrade.

Modelo com sensor de dedo

Esse medidor de frequência cardíaca exige um toque do dedo sobre o sensor do aparelho para que seja ativado o monitoramento dos batimentos. Esse modelo se destaca devido à sua precisão de dados, que é tida como 95%.

medidor1

Alguns fabricantes destes se destacam devido à tecnologia V-linc, que consiste na medição através do auxílio de fones de ouvido. Ele se destaca por ser simples e não necessitar da cinta, o que não gera desconfortos, além de seu valor ser inferior aos demais. O aspecto negativo do medidor com sensor de dedo é que ele exige que seja feita uma pausa para a medição da frequência e sua precisão é inferior à cinta peitoral.

Modelo de cinta

Este medidor de frequência cardíaca conta com um sensor sem fio em uma cinta, onde detecta o seu pulso de forma eletrônica e envia os dados para um receptor similar a um relógio de pulso, o qual exige o ritmo cardíaco. Esse modelo se destaca por ser reconhecido pela sua exatidão nos resultados.

medidor2

Modelo simples (relógio)
Consiste em um sensor embutido em uma pulseira que deve ser utilizada no pulso, sendo esse um dos modelos mais simples.

Quem deve usar um medidor de frequência cardíaca?

– Corredores e praticantes de caminhadas: Eles podem se beneficiar com o uso do frequencímetro cardíaco da mesma forma que atletas de corrida avançados;

– Atletas de corrida: O medidor de frequência cardíaca pode auxiliar no equilíbrio para evitar picos de frequência de batimentos cardíacos em treinamentos mais intensos e também demais atividades aeróbicas;

– Ciclistas: O acessório pode acompanhar o seu desempenho durante treinamentos de resistência, ritmo e também intervalos de recuperação. É muito utilizado por ciclistas de estrada e com percursos extensos, assim fazendo uso também da função de GPS, sensor de cadência ou pedômetro;

– Alpinistas e esquiadores: Adotam o uso do medidor de frequência cardíaca para condicionar qual a forma mais segura e eficaz para subir até o pico das montanhas;

– Pessoas que estão se dedicando à perda de peso: Os monitores cardíacos podem ajudar nos exercícios regulares e também em uma dieta saudável. A maioria das calorias queimadas durante um treino podem ser expostas pelo acessório, sendo possível a notificação sobre a queima máxima de gordura;

– Pacientes em recuperação: O medidor se torna um acessório valioso para pacientes em recuperação de uma lesão ou doença, incluindo aqueles que vivenciaram incidentes cardíacos. Os dados podem ajudar a garantir um retorno gradual a plena força e resistência física de forma mais segura.

Frequência cardíaca máxima

Um dos principais benefícios da gestão do frequencímetro cardíaco é que ele ajuda no monitoramento até a frequência cardíaca ideal para o seu objetivo específico. Há modelos mais avançados que podem informar através de um display digital, e há outros que informam através de áudios, o que pode ser utilizado como critério na hora da escolha.

Há formas mais tradicionais de calcular a frequência cardíaca máxima (FCMáx), a qual você pode utilizar para conferir os valores expostos pelo medidor, que é através da subtração de 220 pela sua idade, ou seja:

FCMáx = 220 – (sua idade)

Características e recursos

O relógio de frequência cardáaca fornece dados em tempo real sobre a eficiência de seu treino. A maioria dos modelos fornece a taxa média de batimentos do coração, bem como a alta, a baixa e a meta objetivada.

– Zonas-alvo: Os modelos básicos oferecem até 3 zonas-alvo, enquanto os avançados disponibilizam de 3 a 6 zonas-alvo. Com a capacidade de diversas zonas-alvo, você pode pré-programar o monitor de frequência cardíaca para uma série de exercícios diferentes, como aeróbicos, anaeróbicos e exercícios de resistência. Se o medidor oferece apenas uma única zona alvo aeróbica, você vai precisar reprogramá-lo todas as vezes que desejar alterar os parâmetros de exercícios.

– Sport Watch: Engloba os recursos tradicionais, dentre eles um cronômetro de contagem regressiva, calendário, alarme e relógio.

– Cronômetro e lap/tempos parciais: Após cada volta em uma pista ou a cada quilômetro em uma pista de corrida, marca-se a distância, ao apertar o botão de “Lap”, marcará a mudança de ritmo durante todo o treino e/ou corrida.

– Modo de frequência cardíaca de recuperação: Controla o tempo que leva o seu coração a voltar ao seu normal, taxa referente ao período de descanso. É um bom indicador da aptidão cardiovascular e especialmente importante se os seus treinos incluem sprints ou intervalos.

– Tempo na zona-alvo: Controla o tempo que você gasta para se exercitar dentro de sua zona-alvo. Algumas zonas necessitam de mais tempo do que outras.

– Contador de calorias: Realiza estimativas de calorias queimadas durante o exercício. Isso pode ser especialmente útil se os seus treinos constituem parte de um programa de perda de peso.

– Monitor de velocidade e distância: Calcula a velocidade e mede a distância percorrida em um treino particular. Isso geralmente é feito através de um receptor GPS para uso ao ar livre ou um pedômetro para uso em área interna, ou em uma área externa, com recepção via satélite limitada. Um pedômetro usa um acelerômetro para determinar o comprimento de cada passo.

– Interface Digital: Liga o monitor de frequência cardíaca ao seu computador de casa ou smartphone para que você possa baixar as estatísticas de treinamento para análise, compartilhamento e armazenamento. Isso pode ser via wireless ou através de uma conexão via cabo com um computador.

– Tethering: Recurso sem fio com o seu smartphone, assim permitindo o controle de pulso de funções do telefone, tais como mensagens de texto, música, notificações push, aplicativos Fitness e redes sociais sem tirar o telefone do bolso ou braçadeira.

– Trainer Fitness: Esse recurso possibilita o fornecimento de alertas para níveis de intensidade, ou seja, você pode ser informado quando houver queda ou aumento de suas zonas de treinamento.

– Transmissor Codificado: Criptografa as transmissões a partir do sensor de cinta de peito para a unidade de pulso, assim evitanto o crosstalk (sinais dos HRMs sem fio de outras pessoas que exerçam em torno de você).

Preço

Esse é um dos principais aspectos que são analisados no momento de uma compra, por isso, analise cada modelo dos medidores cardíacos, pois assim você fará um investimento consciente e compatível a seu uso. Por isso, fique atento, você pode encontrar modelos mais básicos de R$ 50,00 até aqueles mais sofisticados e completos, com valores em torno de R$ R$ 2000,00.

Qual escolher?

Sabemos que há um excesso de informações, mas esse é o fator principal que você deve levar em consideração quando decidir escolher um medidor de frequência cardíaca.

Pudemos notar que eles podem funcionar de diversas formas, e podem fazer a medição não só através do pulso, mas também com o auxílio da cinta. Os preços e recursos em excesso também devem ser levados em consideração para que você não faça um investimento em algo que será pouco utilizado, já que não compete com as suas atividades. A escolha é algo pessoal e que você deve avaliar de acordo com suas atividades e tarefas.

De forma geral, se você quer apenas o recurso de acompanhar seus batimentos cardíacos e que o medidor informe quando você está acima ou abaixo do esperado, você pode investir em um modelo básico de medidor com cinta.

via Gympass

About F2 Fitness

F2 Fitness
F2 Fitness Academia em São Caetano do Sul. Musculação, Zumba, Muay Thai, Gracie Jiu-jitsu, Circuito e muito mais! Reserve seu FREE PASS e experimente!
Scroll To Top