Home / Destaques / Perda muscular começa após 10 dias sem treinar

Perda muscular começa após 10 dias sem treinar

Capacidade respiratória e flexibilidade também sofrem prejuízos

fitness_couple_2b

Férias, excesso de trabalho ou problemas de saúde costumam fazer com que as atividades físicas e a academia sejam deixadas de lado. O problema é que esse período de descanso pode levar ao que os profissionais do esporte chamam de destreinamento. Isso significa que em apenas 10 dias sem exercício o corpo perde grande parte do condicionamento conquistado a duras penas.

De acordo com o personal trainer Givanildo Matias, a evolução do corpo se dá através de uma sequência de estímulo, inflamação e adaptação, que tem por objetivo aumentar a força muscular, a flexibilidade e a capacidade cardiorrespiratória. “Ao realizar um exercício (estímulo), obrigamos o corpo a sair da sua zona de conforto (homeostase) e ‘causamos um prejuízo’ a ele (inflamação). Após esse quadro, o organismo se recupera e passa a trabalhar para reforçar sua proteção (adaptação) para sofrer menos em um novo estímulo”, explica.

perder-massa-muscular

Destreinamento

O ponto é que para os resultados alcançados sejam mantidos, é preciso continuar praticando exercícios regularmente. “A atividade física é ingrata, pois assim que você para de realizá-la, começa a perder os benefícios conquistados e a tendência é voltar ao estado inicial”, comenta o profissional.

Quanto mais tempo parado, maiores serão os prejuízos, que variam de acordo com o tipo de treino que era realizado, o estilo de vida e individualidade fisiológica. “Alguns estudos apontam reduções significativas nessas capacidades a partir de 10 dias sem treinar para pessoas que se exercitaram por 90 com a frequência de três vezes por semana”, comenta.

Segundo Givanildo, as seguintes alterações podem ser observadas após 10 dias sem atividade física:

  • Redução de até 10% da capacidade respiratória;
  • Redução de até 15% de força muscular;
  • Redução de até 66% da massa muscular;
  • Redução de até 100% da flexibilidade.

Como voltar à academia

Na hora de voltar ao treinamento, é preciso fazer pequenos ajustes, diminuindo um pouco a intensidade e a carga dos aparelhos para evitar danos ao corpo. “Tenha a certeza que o retorno ao ponto antes da interrupção será muito mais rápido do que quando iniciou, pois já entra em cena a ‘memória muscular’”, finaliza o educador físico.

via Bem Leve

About F2 Fitness

F2 Fitness
F2 Fitness Academia em São Caetano do Sul. Musculação, Zumba, Muay Thai, Gracie Jiu-jitsu, Circuito e muito mais! Reserve seu FREE PASS e experimente!
Scroll To Top