Home / Alimentação / Treinar no frio: dieta para vencer a preguiça

Treinar no frio: dieta para vencer a preguiça

A pele fica ressecada, sentimos mais fome e é muito difícil levantar da cama para treinar no frio, ou falta coragem para enfrentar as quedas de temperatura no fim do dia. Quem consegue vencer a preguiça e as baixas temperaturas tem no inverno um grande aliado na busca pelo corpo em forma. Então, ao invés de se lamentar todas as manhãs quando toca o despertador, que tal usar o frio como desculpa para ir treinar?

Primeiro, porque o metabolismo fica mais acelerado naturalmente. Nosso organismo precisa trabalhar mais para manter a temperatura corporal e aumenta o consumo de calorias. São aproximadamente 300 calorias a mais por dia que gastamos no inverno. Logo, quem mantém o ritmo e consegue treinar no frio, pode comer um pouco mais.

Segundo, porque precisamos cuidar do corpo o ano todo para ficar sempre em forma. E isso inclui treinar no frio. Não existe ninguém que resolva virar “urso” e hibernar no inverno sem ter alguns prejuízos: Quilos a mais, oscilações de humor, desânimo e quebra do estímulo e do ritmo de treino são apenas alguns deles. Por isso, não desista dos treinos porque as temperaturas despencaram. Veja dicas para manter a pele bonita, o corpo em forma e a disposição lá em cima para passar (bem) pelo inverno:

– Treinar no frio sem beber água também é um erro comum. No inverno, geralmente, muitos esquecem de beber água. Isso pode comprometer a eliminação urinária e fecal. O indicado são de 3 a 4 litros de água por dia. Bebidas “quentes” como chás ajudam a hidratar e manter o corpo aquecido.

– Sopas são ótimas opções para quem encara treinar no frio à noite e não sabe o que comer depois (veja  aqui  algumas receitas de sopas para aquecer o inverno com saúde). As que possuem legumes, como a minestrone, são menos calóricas, pois o teor de gordura é baixo. Mas, cuidado com batatas, mandioquinha e inhame, ricos em carboidratos, em sopas com arroz e macarrão, pois a mistura é muito calórica.

– Fuja das tentações. Uma vez ou outra, tudo bem, mas opte por opções mais leves e saudáveis ao invés de cair de boca nas frituras, gorduras, sobremesas, fondues, bolos e xícaras de chocolate quente cheias de açúcar.

Pele bonita e hidratada

Treinar no frio também exige alguns cuidados para preservar a saúde da pele.

– Beba em média de 3 a 4 litros de água por dia para limpar as toxinas da pele e deixá-la mais jovem.

– Evite o tabagismo e a ingestão de álcool.

– Uma alimentação balanceada é essencial para uma pele saudável e hidratada. Capriche nos legumes, nas verduras, nas frutas e nos carboidratos com alto índice glicêmico para manter a pele saudável.

Fontes: Centro Avançado de Ortopedia do Instituto do Joelho; Kátia Ushiama, nutricionista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos (SP); e Dra. Paula Chicralla, Médica Dermatologista especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e Academia Americana de Dermatologia.

via Ativo

About F2 Fitness

F2 Fitness
F2 Fitness Academia em São Caetano do Sul. Musculação, Zumba, Muay Thai, Gracie Jiu-jitsu, Circuito e muito mais! Reserve seu FREE PASS e experimente!
Scroll To Top